terça-feira, 5 de abril de 2011

CAPELA DA REITORIA DA UFRJ - PARA SEMPRE LINDA!!!

Semana passada estava eu vagando pelo Facebook quando vejo um post que me chamou atenção: "chocada com o incêndio na Reitoria".


Meu coração gelou. Será que era verdade? Algum boato talvez...
Busco na internet e vem a confirmação. Sim, era verdade. A extensão da destruição? Não sabia ainda.
Como Diogo estava viajando, mandei um torpedo: "Amor, nossa igreja está pegando fogo!"
Resposta: "To vendo na TV, amor. Muito triste."


Quase que imediatamente fiz uma viagem no tempo...
13 de março de 2010, pouco depois das 19h.
Chego na minha Capela para casar. Como ela estava linda!! Muito mais linda que todas as vezes que fui lá durante os preparativos do meu casamento. Estava iluminada, florida, seguranças na porta, muitos carros pelas calçadas. Sim, havia chegado o meu grande dia! E o cenário era como nos meus sonhos!
Entro no hall e admiro mais uma vez aquele piso lindo. Aquele lustre maravilhoso que sempre me dava torcicolo. Ual! A decoração está mil vezes mais caprichada do que imaginei!! Quantas flores, quantas luzes! E a música!! Ah a música... do hall eu podia ouvir a maravilhosa orquestra tocando. Lembro exatamente a música que estava tocando: Por Una Cabeza! Adoramos essa música!
Logo iria começar o cortejo, eu subiria aquela escadaria majestosa e diria sim. Sim, meu sonho estava se realizando!




Vejo na TV a reportagem sobre o incêncio. Sozinha em casa meus olhos vão enchendo de lágrimas. Aquelas imagens me deixavam arrasada. Logo estava chorando bastante.
Minha mãe me liga mas não consigo conversar. Não consegui falar muito. Só chorava. Ela chorava do outro lado da linha.
Não podia acreditar que a minha igreja estava destruída. O meu cenário de sonhos tinha virado ruína.
A escada antes majestosa, agora estava coberta de cinzas e destroços.
As cadeirinhas de palhinha tão fofas, não existiam mais. E o altar? Não, não havia sobrado nada...
Foi uma noite triste. Não consegui rever fotos naquele momento. Só conseguia chorar. Lembrava do meu momento mágico e chorava.
Aos poucos fui me acalmando...
Diogo ligou para me consolar. Amigas ligaram, mandaram mensagens, escreveram em seus blogs... Me senti abraçada.


Nos dias que se seguem só imagens horríveis no jornal. Ah minha Capela... Tão difícil de ver...


Mas finalmente consegui entender que: a minha Capela da Reitoria, a igreja dos meus sonhos, vai ser para sempre linda.
Como no dia 13 de março de 2010. Linda, florida, iluminda e cheia de gente querida.
Tenho esse momento eternizado nas fotos e vídeo. Eternizado na minha memória.
Tenho muito orgulho da minha igreja.
Quando me perguntam onde eu me casei, encho a boca para responder:
"Casei na Capela da Reitoria. Ela é linda!"


No jornal li um texto maravilhoso, escrito por Beatriz Resende, crítica de literatura, professora e pesquisadora, coordena o Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ.
Me emocionei lendo o que minha xará escreveu. Segue LINK.


Para encerrar, vou postar fotos da minha Capela da Reitoria. Linda, florida, iluminada e cheia de gente querida.


beijos

A fachada toda iluminada

O hall - amo o piso e o lustre!!



A escada majestosa: olhando para cima!
   
agora olhando para baixo...
   
Meu pai e eu aguardando nossa hora de entrar!
      
Linda, florida, iluminada e cheia de gente querida!
   
A imagem de Cristo foi uma das poucas coisas que restou...
 
visão geral

Nossa alegria na frente do prédio

Já curtiu nossa página no Facebook

3 comentários:

aninha disse...

Oi linda!!!
Nossa... eu imagino que não deve ter sido facil ver a capela destruida depois de todos momentos maravilhosos que vc viveu lá, mais o que vc disse é verdade, o que vai ficar no seu coração são os momentos maravilhosos que vc passou lá!
Fico feliz que vc esteja melhor!
bjO

Deise disse...

Oi Bia!

Destruiu a capela, foi triste, mas vc nunca esquecerá as boas lembranças que tem dela, que estará sempre guardadas em seu coração e que levará para vida toda juntamente com seu marido Diogo.Seja feliz.
Bjs

Marcela Lima disse...

Isso mesmo, Bia!
Os momentos mágicos que vc viveu lá permanecerão pra sempre!
Bjks