quarta-feira, 27 de outubro de 2010

MÚSICA DA CERIMÔNIA



Olá meninas e meninos!


Hoje em dia as cerimônias estão ganhando cada vez mais destaque.
Cá entre nós, até que enfim ela está ganhando o destaque que merece.
Afinal de contas ali é que acontece o casamento de verdade. A festa é a comemoração do que aconteceu na igreja/templo/etc.


Na minha opinião, uma boa trilha sonora é fundamental!
Ajuda, e muito, a fazer com que uma cerimônia seja inesquecível.
Acho que não adianta nada investir pesado em décor/iluminação da igreja e economizar na música.
Se tiver que optar por um, foque na música.
Até porque eu não sou fã de igreja disfarçada de floresta... rsrsrs


Música é música... toca no fundo da alma, preenche os ambientes, aquece o local, envolve as pessoas naquela atmosfera mágica.


Eu particularmente não gosto de música mecânica em cerimônias. Acho que fica muito frio e impessoal.
Música ao vivo é infinitamente melhor... desde, é claro, que seja um grupo musical de qualidade.


Ao escolher o grupo/formação da orquestra preste atenção ao local da cerimônia.
Uma igreja grande, naturalmente pede mais componentes na orquestra.
Um simples quarteto no estilo violino-flauta-teclado fica pouco, perdido em tanto espaço.
Não preenche o ambiente, não causa impacto, entendem?
Numa cerimônia ao ar livre, um quarteto fica legal. Dá um ar singelo, bucólico...


Na minha opinião, investir em música é um dos melhores investimentos do casamento. É investir em emoção!
Vai casar num sítio e quer levar uma orquestra com 10 componentes? Vai fundo!
Com certeza vai ficar deslumbrante! Ainda mais com a infinita possibilidade de repertório que um ambiente como esse permite.


Para escolher o grupo que vai tocar no seu casamento eu aconselho:
- pesquise na internet (Orkut, blogs, sites de casamento);
- visite o site da empresa, peça orçamento (às vezes o orçamento só é fornecido pessoalmente, então marque uma reunião);
- procure referências (noivas que utilizaram o serviço, profissionais de casamento idôneos, etc);
- vá assistir o grupo ao vivo. Peça a agenda deles e vá até as igrejas onde eles vão tocar. De preferência quando eles forem se apresentar com formação semelhante a que você pensa em contratar.
Esse é um dos principais meios de seleção. Só assim você vai poder comprovar se o trabalho te agrada ou não.


Nota 10 em todos os quesitos? Então relaxe e feche o contrato.
O repertório não precisa ser escolhido logo, isso pode ser feito mais adiante.


Lembre-se: as boas orquestras têm uma agenda concorridíssima! Não deixe para ver isso em cima da hora.


bjs


Já curtiu nossa página no Facebook

3 comentários:

Jacque - A noiva do ano disse...

Esse foi um item que priorizamos e que realmente valeu a pena! A cerimônia foi emocionante (os convidados que já encontramos elogiaram bastante) e nós ficamos muito satisfeitos! Bjs

sabrina disse...

... youtube tb ajuda!!

Isa disse...

Aim... eu acho fantastico! Lindo, lindo. Tudo de maravilhoso!
Mas não tenho nem ideia de preço... acho que deve ser muuuuuuuuuito caro, ou não?!

Bjs, Isaaa ^^

www.conversademulherzinhas.blogspot.com